domingo, 13 de outubro de 2013

Fragmentos

Não darei desculpas, basta as que crio para mim. Tento evitar o risco de ser hipócrita, falsa ou blasé. Mas os últimos meses foram assim, de inconstâncias a sorrisos de canto. De alívios a ensaios de esperança. 

Meus textos continuaram aqui, narrados em minha mente em momentos que meus olhos perdiam o foco. E fugiam, minutos antes de ver uma folha. Mesmo assim permanecem ecoando, buscando expressão. Indo e vindo, no encosto da noite. Desejando sonhos interrompidos. 

Vivendo na licença poética, na satisfação de um poema escrito. Encontro-me assim... em prosa e verso, em linhas e desencantos. 

*Tentando retomar, sem promessas. Mas com o mesmo desejo...



10 comentários:

  1. --é difícil criar novos sonhos sem relembrar os não vividos, interrompidos. Mas, continuar, e continuar, mesmo com sorrisos de canto, mas sempre tentando sorrir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre Lili... com fé e força em Deus!
      Beijos, amiga!

      Excluir
  2. Todos nós temos dificuldades na vida, mas o modo como você encara e enfrenta os obstáculos é impressionante. É bonito e dá uma felicidade imensa ver como você é uma pessoa de fé e acredita nas bênçãos divinas. E é por isso que Deus está contigo. Como é bom conhecer você. Você é uma das minhas inspirações (não é exagero e não estou fazendo média). Que Deus te conserve assim, exatamente como você é. E jamais perca essa vontade linda de viver. Te gosto muito, mesmo que a nossa amizade seja virtual.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Oi Márcia! Obrigada pelo carinho!!!
      Nunca esqueço quando a Marcela disse do nada que eu voltaria a andar!
      Que seja feita a vontade de nosso Pai!
      Saudades! Bjoo

      Excluir
  4. Ana paulo conheci um pouco do seu Blog, hoje, já te admiro sou enfermeira e cuido de um rapazque é tetraplegico estou incentivando ele a alçar novos vôos, e tenho insistido para que ele comece a usar um tablet ou notebook, agora ele esta inclinado a tentar mas quase não achei produtos para auxiliá-lo nesta jornada.
    se você tiver alguma sugestão estarei muito agradecida.
    um abraço continue assim, você é uma guerreira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Telma! De onde vocês são? Para digitar uso órteses porque não tenho firmeza nos dedos. Eu te add no meu círculo no G+, vamos trocar e-mail. Passo algumas fotos. Beijo.

      Excluir
  5. Amo você de coração Ana Paula!
    Te admiro prá caramba!
    Beijinhos

    ResponderExcluir